Projetos de incentivo à leitura

Comemora-se em 18/04 o dia nacional da literatura infantil (em homenagem a Monteiro Lobato) e em 23/04 o dia internacional do livro e dos direitos autorais – data instituída em 1995, pela Unesco homenageando falecimento de Cervantes e Shakespeare, dois destaques da literatura universal. Entretanto, nenhum projeto deve se esgotar nas datas comemorativas, principalmente sendo este relacionado à leitura.

“Há uma urgência de resgatar o hábito e o prazer de ler nas escolas, sobrepondo às leituras obrigatórias e sem significado, enfatizar o gosto de ler unido a sede de pesquisar e aprender. Sendo assim, caso ainda não tenha iniciado nenhum projeto de leitura ou literatura em sua escola, aproveite o mês de abril para tal e descubra como o trabalho com projetos pode auxiliar em todo processo de desenvolvimento de seus alunos. (Trecho do livro Pedagogia de Projetos: ano letivo sem mesmice)

DICAS DE PROJETOS

Não se forma bons leitores se eles não têm um contato íntimo com os textos. Há inúmera maneiras de fazer isso. O importante é que o material escrito apresentado aos alunos seja interessante e desperte a curiosidade.

Dentre as práticas mais eficazes destacam-se:

Ciranda de Livros

Público-alvo: Alunos da Educação Infantil

O projeto consiste na troca de livros entre as crianças.

Para a realização da ciranda de livros deve ser montada uma pequena biblioteca dentro de cada sala de aula. Os livros são trocados semanalmente e levados para serem lidos em casa com a ajuda e participação dos pais ou outro familiar.

O projeto possibilita que os alunos realizem um trabalho coletivo, além disso estimula a integração família – escola.

Os alunos quando retornam à escola, após o final de semana, devem fazer um relato do livro para os amigos, dando opinião sobre a leitura e contando como foi a experiência de ler em casa. Também é interessante oportunizar que cada um conte para a turma a história lida, desenvolvendo assim a linguagem oral, a memória, atenção e o raciocínio lógico.

Projeto Leva e Traz

Público-alvo: Alunos do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

O projeto consiste na visita semanal dos alunos a biblioteca, onde, livremente, escolhem um livro de Literatura Infantil para ler em casa, devolvendo-o na data prevista.

Ao retornar com o livro, cada um traz uma ficha preenchida e conta sua experiência literária ao grupo.

As fichas variadas e lúdicas fazem parte do projeto e podem ser expostas em murais ou organizadas em um portfólio.

O projeto é uma importante ferramenta para a interação das crianças com o mundo mágico, de fantasias e sonhos, que a leitura proporciona. Cabe aos professores o papel de intermediar, visando tornar os alunos autônomos como leitores, curiosos e sedentos por novas leituras.

Roda de Leitura

Público-alvo: Alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental.

O projeto consiste em realizar semanalmente atividades variadas em uma roda de leitura. Dentre as atividades possíveis destacamos:

  • Leitura e debate das principais notícias do dia.
  • “Vender” um livro – cada aluno deverá ler um livro e no dia marcado convencer a turma de que o livro que leu é bom, utilizando argumentos e justificativas coerentes.
  • Sorteio e leitura deleite – o professor organiza uma caixa com pequenos textos, poesias, frases, etc. Cada um deve sortear e ler em voz alta para turma. Cabe ao professor intermediar a atividade para que seja significativa.
  • Convidar familiares dos alunos para que contem histórias.
  • Leitura compartilhada – o livro é lido em conjunto, cada aluno lê uma página em voz alta. Após a leitura é fundamental interpretar e opinar a respeito.
  • Música na roda – escolher uma música para ouvir e cantar, em seguida trabalhar a leitura da letra da música e sua interpretação.
  • Recontos – momento em que cada aluno terá a oportunidade de recontar uma história, uma fenda, “causo” ou fato real.
  • Painel das preferências – o professor solicita aos alunos que levem pequenos textos que gostaram de ler. Cada um lê o seu em voz alta e, em seguida, fixa no painel.

 Os projetos não só abrem caminhos para os alunos diante dos livros, mas permitem explorar a trilha junto com eles…


Paty Fonte (Patricia Lopes da Fonte)

Educadora especialista em pedagogia de projetos, escritora, autora dos livros “Projetos Pedagógicos Dinâmicos: a paixão de educar e o desafio de inovar” e “Pedagogia de Projetos – Ano letivo sem mesmice”, ambos publicados pela editora WAK; autora e tutora de cursos presenciais e on-line de educação continuada a docentes, coach, palestrante.

Idealizadora e diretora dos sites: www.projetospedagogicosdinamicos.com e www.cursosppd.com.br

Contatos: www.patyfonte.com.br | www.facebook.com/pedagogiadeprojetos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *