Projeto Dengue para Educação Infantil

Na Educação Infantil é importante oferecer à criança a oportunidade de construir, de forma ativa, conhecimento de tudo que a cerca, principalmente do ambiente onde vive, a fim de desenvolver habilidades que lhe permitam organizar mentalmente as informações recebidas. É uma fase de interação e troca de idéias que socializam os saberes, tornando a aprendizagem significativa.

Assim sendo, desenvolver um projeto sobre a dengue é uma prática social real que, além de conscientizar acerca do problema, amplia o conhecimento de mundo desenvolvendo habilidades e capacidades de ordens: física, cognitiva, afetiva, estética, ética e de relações interpessoais.

Objetivo:

Oportunizar vivências significativas, integrando as áreas do conhecimento, realizando trabalho sistemático de conscientização e prevenção à dengue.

Desenvolvimento/Sugestões de Atividades:

Sondar os conhecimentos prévios dos alunos sobre o tema em questão, através de conversa informal, com todos sentados “na rodinha”. Lançar questões:

  • Quem sabe que bichinho é esse? (mostrar imagem do Aedes Aegypti)
  • Ele transmite uma doença chama dengue. Quem já ouviu falar? Quando? Onde? Quem falou?

Permitir que os alunos se expressem contando suas experiências, relatando seus conhecimentos a respeito.
Aumentar as perguntas de acordo com a conversa, interesses e faixa-etária dos alunos.
Listar num cartaz os conhecimentos prévios.

Em seguida, sondar as dúvidas provisórias dos alunos: o que ainda não sabemos sobre a dengue e temos curiosidade de saber?

Listar, também num cartaz, as dúvidas provisórias dos alunos e combinar com eles que juntos descobrirão todas as respostas.

Integrar os pais e/ou responsáveis no projeto, pedindo que ajudem pesquisando materiais interessantes para enriquecer o trabalho. O(a) professor(a) também deverá pesquisar.

Munidos do material explorar através de:

  • Contação de histórias (como é transmitida a dengue)
  • Dramatização (como se prevenir da dengue)
  •  Brincadeiras (cuidar de uma boneca que está “dengosa” – quais são os sintomas e como tratar)

Linguagem oral e escrita:

  • Rodas de conversas;
  • Composição coletiva – os alunos falam a respeito do tema, criam histórias, poesias ou textos informativos e o(a) professor(a) organiza as falas sendo o escriba;
  • Estudo da letra D – identificar através de pesquisas em jornais e revistas velhas, falar outras palavras que iniciam com D, nomes de alunos que iniciam com D, escrita espontânea da letra, identificar e escrever em maiúscula e minúscula.

Natureza e Sociedade:

  • Representar através de desenhos e brincadeiras noções de prevenção a dengue;
  • Ampliar noções de higiene e saúde a partir do estudo sobre sintomas e efeitos da dengue;
  • Construir regadores de sucata e espalhar solução de água + água sanitária no jardim da escola;

Artes plásticas:

  • Criar cartazes e folders sobre o tema através de desenhos e técnicas de recorte e colagem;
  • Criar dobraduras e máscaras do mosquito,
  • Desenhos, pinturas e modelagens relacionados ao tema.

Música e Movimento:

  • Cantar, dançar e dramatizar com base no tema em questão;
  • Desafiar os alunos a serem multiplicadores dos conhecimentos ajudando a conscientizar outros alunos, sua família e os moradores da comunidade, além de prevenir cuidando das plantas e examinando os terrenos.

Matemática:

  • Contar letras da palavra DENGUE;
  • Contar mosquitos (figuras previamente preparadas pelo professor);
  • Representar a quantidade de mosquitos ditadas pelo professor através de desenhos;
  • Identificar mosquitos grandes e pequenos, na frente de, atrás de, no lado esquerdo e direito, em cima e embaixo (de forma lúdica com base no mosquito previamente preparado pelo professor para realização da atividade).

Culminância: Exposição dos trabalhos realizados e apresentação de teatro, dança e coral aos pais/responsáveis e moradores da comunidade onde a escola está inserida


Paty Fonte (Patricia Lopes da Fonte)

Educadora especialista em pedagogia de projetos, escritora, autora dos livros “Projetos Pedagógicos Dinâmicos: a paixão de educar e o desafio de inovar” e “Pedagogia de Projetos – Ano letivo sem mesmice”, ambos publicados pela editora WAK; autora e tutora de cursos presenciais e on-line de educação continuada a docentes, coach, palestrante.

Idealizadora e diretora dos sites: www.projetospedagogicosdinamicos.com e www.cursosppd.com.br

Contatos: www.patyfonte.com.brwww.facebook.com/pedagogiadeprojetos/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *