Projeto A Margarida Friorenta

A Margarida era uma florzinha que estava com muito, muito frio.
Passou uma borboleta, viu que ela estava com frio, chamou a Ana Maria, que foi ajudá-la, chamou o cachorro para trazê-la para o seu quarto, junto a sua cama, e ela colocou um casaco, mas não adiantou, fez uma casinha não deu certo.
Colocou de baixo da luz não conseguiu.
No final ela só precisava de uma coisa que ninguém imaginava, tão simples….

Objetivos:

O Jardim
  1. Favorecer atitudes de responsabilidade e de cooperação, sensibilizando para:
  2.  Atenção e cuidados com a Natureza.
  3. Observação de mudanças e permanências no processo de desenvolvimento de seres vivos.
  4. Estabelecimento de parceria e de cooperação com o outro na solução de problemas
  5. Formar com os colegas a Comunidade de Aprendizagem Investigativa.

Temas:

  1. Amor às plantas
  2. Boa ação
  3.  Bondade
  4.  Amizade
  5. Carinho

    Você já tremeu um dia? Quando? Por quê?
  6. Caridade
  7. Afeto

Temas Transversais

ÉTICA – Atitudes que favorecem “tornar os alunos capazes de adotar atitudes de respeito pelas diferenças entre as pessoas, respeito esse necessário ao convívio numa sociedade democrática e pluralista”. (Parâmetros Curriculares Nacionais, v. 8, Apresentação dos temas transversais e Ética, Brasília, MEC, 1997, p. 97)

MEIO AMBIENTE – Formação de valores e de atitudes voltados para a proteção das diferentes formas de vida.

Abordagens Interdisciplinares

LÍNGUA PORTUGUESA

  • Elementos da narrativa: personagens, enredo (ações em seqüência de tempo e espaço)
  • Discurso direto e marcas na escrita: “– O que é que ela tem? / – Frio, coitada!” (p. 10)

    Como é uma borboleta? Você sabe como ela nasce? Você gostaria de voar?
  • Substantivo próprio e substantivo comum: a Margarida friorenta, a Borboleta Azul, o cachorro Moleque

ARTE

  • Pintura – a escolha dos diferentes materiais e técnicas de pintar, sua relação com a intenção do artista e seus efeitos de sentido: transmitir uma ideia, sensibilizar para uma atitude, expressar um sentimento, provocar criticidade…
  • Na história, a ilustração concretiza as metáforas de frio como exclusão, abandono, falta de afeto, e as de calor como acolhimento, inclusão, afetividade

CIÊNCIA

  • Os conteúdos procedimentais da área de Ciência: observação, comparação e busca de solução para possíveis problemas

Existem muitos tipos de frio, e o pior talvez seja aquele que nasce da falta de carinho. Seria esse o que a pequena margarida sentia?


Esther Aline Varanda – Professora de Educação Infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *