Pintura da natureza

5 de junho – Dia Mundial do Meio Ambiente

Em homenagem a data comemorativa ou em qualquer outra ocasião é possível desenvolver um rico trabalho de observação, contemplação da natureza, pesquisa e artes plásticas a partir da sequencia de atividades a seguir.

Público-alvo: Indicada para alunos da Educação Infantil. Podendo ser facilmente adaptada a alunos do 1º ciclo do ensino fundamental.

Desenvolvimento:

– Surpreenda as crianças assim que chegarem em sala de aula com uma mesa organizada e convidativa: pratos de papelão marcados com cores diversas e tintas no mesmos tons.

– Organize o grupo em uma roda de conversas para que criem hipóteses de qual atividade será realizada com aquele material.

– Em seguida, incentive-os a organizar os pratos de papelão na área externa da escola (de preferência onde haja um jardim, quintal e/ou bosque).

– Lance a proposta de atividade: caminhar ao ar livre observando e contemplando a natureza. O desafio é encontrar itens na natureza que correspondam a cada cor dos pratos.

– Assim que o grupo coletar uma quantidade de material suficiente debata as questões:

  • Fizemos a triagem corretamente? As cores dos itens da natureza correspondem às cores dos pratos?
  • Quais cores encontramos com mais facilidade?
  • Alguma cor não encontramos?
  • O que colocaremos no prato desta cor que faltou?
  • Foi uma atividade fácil?
  • O que mais gostaram?
  • Já havíamos percebido quantas cores existem na natureza?

– Compare junto com os alunos as cores com maior e menor número de itens e como culminância proponha uma arte onde colarão os itens da natureza e enfeitarão pingando colheradas de tintas.

– Prepare um espaço para expor os trabalhos, valorizando assim todo o processo descoberta e criação.

“Educar é mostrar a vida a quem ainda não a viu. O educador diz: “Veja!”- e ao falar, aponta. O aluno olha na direção apontada e vê o que nunca viu. O seu mundo expande-se. Ele fica mais rico interiormente. E, ficando mais rico interiormente, ele pode sentir mais alegria e dar mais alegria – que é a razão pela qual vivemos… …Quando o conhecimento é vivo ele se torna parte do nosso corpo: a gente brinca com ele e se sente feliz ao brincar. A educação acontece quando vemos o mundo como um brinquedo para os sentidos e o pensamento.”(Rubem Alves)


Ideia traduzida e adaptada do site: http://www.teachpreschool.org/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *