Disciplina Positiva

“Disciplina Positiva é baseada no entendimento de que disciplina deve ser ensinada, e que também ensina.”

Disciplina Positiva baseia-se no conceito de que disciplina pode ser ensinada com firmeza e gentileza ao mesmo tempo, sem punição, castigo ou recompensa. É baseada nas teorias de Alfred Adler e Rudolf Dreikurs, contemporâneos de Maria Montessori. O objetivo primário desta abordagem é ajudar a criar um ambiente socioemocional onde são dadas ferramentas para as crianças desenvolverem responsabilidade, respeito e contribuírem como membros de suas escolas, comunidades e famílias.

Os cinco critérios de disciplina são:

1. Ajudar a criança a sentir CONECTADA.

Sentir que é aceita em sua família/escola e que é capaz de contribuir.

2. Encorajar RESPEITO MÚTUO.

Firmeza e gentileza ao mesmo tempo. Os adultos tornam-se o modelo de respeito.

 3. Ser efetiva à LONGO PRAZO.

Considerar o que a criança está pensando, sentindo, aprendendo e decidindo sobre si mesma e sobre seu meio social, assim como sobre o que fazer no futuro para sobreviver ou para prosperar.

 4. Ensinar HABILIDADES SOCIAIS e HABILIDADES DE VIDA.

Respeito, cuidado com os outros, resolução de problemas e cooperação.

 5. Incentivar a criança a DESCOBRIR SUAS CAPACIDADES.

Encorajar o uso construtivo do seu poder pessoal e desenvolver a sua autonomia.

As crianças têm um desejo inato de aprender, elas agem de forma curiosa, têm prazer em ajudar realizando tarefas, e desenvolvem a autodisciplina através da realização de trabalhos que têm um propósito.

Um ambiente educacional, cuidadosamente preparado, oferece condições para o crescimento completo e favorece o desenvolvimento de habilidades de vida necessárias para se tornarem seres contribuintes e saudáveis na sociedade. Por isso, resolver problemas é uma atividade diária e inerente no ambiente. Outros exemplos que proporcionam um ambiente saudável são:

  • Cooperação (ambiente sem competição)
  • Escolhas à disposição.
  • Atividades que permitem com que a criança aprenda através dos sentidos; aprenda ao fazer.
  • Repetição e consistência.
  • Atividades com intuito de encorajar aprendizado cooperativo, individual e em grupo.

A Disciplina Positiva reforça que os erros são oportunidades de aprendizagem e podemos desenvolver autoestima nas crianças quando pudermos promover habilidades internas para elas pensarem de forma consistente: “Eu posso resolver problemas. Eu posso me recuperar quando erro. Meus pensamentos e sentimentos são respeitados. Eu sei fazer escolhas. Eu sei como ser respeitoso comigo mesmo e com os outros”.

 “Em uma escola lidamos com seres humanos variados em personalidade, crenças e valores. Reflita sobre tais questões e fique ciente de que ensinar e aprender não é uma simples motivação, é uma atitude de amor.” (Paty Fonte)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *