5 dicas de aulas criativas para produção textual

Para aprender a escrever não basta aprender a pensar; é necessário aprender a encontrar ideias originais e criativas sabendo articulá-las com coerência motivando para que as pessoas tenham interesse em ler.

“A preocupação básica é levar o aluno não apenas ao conhecimento da gramática de sua língua, mas, sobretudo, ao desenvolvimento da capacidade de refletir, de maneia critica, sobre o mundo que o cerca e, em especial, sobre a utilização da língua como instrumento de interação social – isso é feito mediante a compreensão, a análise, a interpretação e a produção de textos verbais.” ( Cazarin -1995, p.5-6)

1 – Palavras e músicas
  • Escolha 7 palavras interessantes,porém com significados diferentes. Como, por exemplo: viagem, amor, violência, mesa, dança, cinema, namoro.
  • Escolha uma música para cada palavra.
  • Escreva a palavra no quadro enquanto a música toca e, nesse período, os alunos escreverão tudo que pensarem a respeito.
  • Dependendo do objetivo do professor e da faixa etária da classe pode-se solicitar que cada palavra dê continuidade ao texto ou não.
2- Confusão
  • Escreva um pequeno texto bastante confuso, sem pontuação e de difícil sentido. A proposta é que os alunos reescrevam o mesmo texto dando-lhe um sentido.
  • Cabe ao professor combinar com a classe se podem ou não ser acrescentadas novas palavras.
3 – De bula a texto literário ou poesia
  • Solicite aos alunos que levem uma bula de remédio. Proponha que leiam a bula e transformem-na em um texto literário ou em uma poesia usando toda sua imaginação.
  • Todos os textos devem ser apresentados ao grupo e discutidos.
4 – Revistas e Jornais
  • Divida a classe em grupos e distribua revistas e jornais velhos. Proponha que recortem palavras, frases e imagens e coloquem-nas dentro de um envelope.
  • Os envelopes são trocados e cada grupo terá que organizar um texto com as palavras, frases e imagens que receber.
  • Cabe ao professor decidir que gênero textual e adaptar ao nível de sua classe, alunos menores podem criar frases, por exemplo.
5 – Texto humorístico
  • A pontuação é um aspecto importante na estrutura de uma piada, porque dá o ritmo e marca as pausas que darão o sentido do texto.
  • Apresente um texto humorístico no quadro-negro sem nenhuma marcação gráfica, como ponto, maiúscula, travessão, parágrafo etc.
  • Peça aos alunos para que, em duplas ou trios, reescrevam o texto, pontuando-o.
  • Após socializar para toda a turma as diversas possibilidades apresentadas pelos diferentes grupos, promova um debate sobre a melhor forma de pontuar o texto.
  • Dessa forma, os alunos se divertem e conseguem entender com bom humor a importância dos pontos e das vírgulas no texto e, com isso, encontram mais facilidade na hora de escrever os próprios textos.
Referências:
  • CAZARIN, E. A. Princípios gerais para uma metodologia do ensino de língua portuguesa. Coleção Cadernos Unijuí, 1995, pp. 5-6.
  • Revista Nós da Escola – nº63 – 2008.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *